• Ruínas Romanas de Milreu

    Ruínas Romanas de Milreu

  • Fortaleza de Sagres | Foto Vanda Oliveira

    Fortaleza de Sagres | Foto Vanda Oliveira

  • Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe - Foto: Vanda Oliveira

    Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe - Foto: Vanda Oliveira

  • Mosaico do Templo das Ruínas Romanas de Milreu

    Mosaico do Templo das Ruínas Romanas de Milreu

  • Fortaleza de Sagres

    Fortaleza de Sagres

  • Fortaleza de Sagres | Foto: Vasco Celio

    Fortaleza de Sagres | Foto: Vasco Celio

  • Mosaico das Ruínas Romanas de Milreu

    Mosaico das Ruínas Romanas de Milreu

  • Casa Rural de Milreu

    Casa Rural de Milreu

  • Ruínas Romanas de Milreu

    Ruínas Romanas de Milreu

  • Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe

    Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe

  • Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe | Foto Lenea Andrade

    Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe | Foto Lenea Andrade

  • Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe

    Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe

Monumentos do Algarve Bons Momentos Promontório de Sagres Património Cultural Imaterial Portal Cultura Portugal
Adiado: IN CINEMA - Integração, Indiscriminização e Inclusão e Nelson Conceição & Convidados

 
A Direção Regional de Cultura do Algarve informa que as iniciativas do DiVaM - Dinamização e Valorização dos Monumentos do Algarve - agendadas para os dia 31 de outubro e 1 de novembro foram adiadas.
 
O projeto IN CINEMA - Integração, Indiscriminização e Inclusão realizar-se-á no próximo dia 14 de novembro, pelas 16h00, na Fortaleza de Sagres. Os interessados devem inscrever-se pelo e-mail: fortaleza.sagres@cultalg.gov.pt ou telf. 282 620140.

A data de realização do espetáculo de Nelson Conceição & Convidados será anunciada oportunamente.

Pedimos desculpas pelos incómodos causados.

 

 27 de outubro

Encontro Virtual de Inovação Aberta e Colaborativa - 28 de outubro

No próximo dia 28 de outubro de 2020 terá lugar o Encontro Virtual de Inovação Aberta e Colaborativa de base Artística e Cultural, organizado por Andalucía Emprende, Fundación Pública Andaluza, no âmbito do programa Magalhães - ICC, do qual a Direção Regional de Cultura do Algarve é parceiro.

O Encontro Virtual de Inovação Aberta e Colaborativa de base Artística e Cultural foi definido como uma estratégia ou ferramenta de intervenção artística em contextos não artísticos, promovendo a integração de artistas e criadores em empresas e organizações para trabalhar de maneira conjunta sobre desafios inovadores. O conceito de inovação aberta propõe uma nova estratégia de inovação mediante a qual as empresas vão além dos seus limites e cooperam com organizações ou profissionais externos.

No contexto de incerteza atual e das restrições sanitarias impostas face à Covid-19 tornou-se necessária a reinvenção das atividades propostas no âmbito do projeto Europeu Magalhães - ICC para o ano de 2020. Para tal foi decidido realizar um encontro virtual de Inovação Aberta em que todos os participantes são recebidos num ambiente on-line que convida à reflexão e ao trabalho em grupo para o desenvolvimento dos objetivos previamente definidos.

A crise gerada pela pandemia de Covid-19 expôs os setores económicos mais vulneráveis, entre os quais se encontra o setor cultural que, com o encerramento de museus, galerias de arte, teatros, cinemas, centros culturais, bibliotecas, deixou numa situação muito precária todos os membros do setor. É por isso que, decididamente, se deve apostar de maneira firme na cultura como um setor gerador de riqueza, emprego, inovação e criatividade, levando a cabo ações que valorizem as suas atividades e que suscitem uma reativação da sua atividade económica. É por esta razão que a Andalucía Emprende organizou, com o apoio do Projeto Europeu Magalhães, um Encontro Virtual de Inovação Aberta e Colaborativa de base Artística e Cultural.

Este encontro virtual será desenvolvido em torno de três mesas de debate centradas em três setores:

a.- Artes Visuais
b.- Artes Cénicas
c.- Setor Audiovisual


 
Em cada uma das mesas haverá 2 entidades líderes ou pessoas de referência em cada um dos setores, um dinamizador/a e um mentor de Inovação, que é comum nas três mesas de trabalho, e que são os seguintes:

 Mesa de debate 1: setor estratégico 'Artes Visuais'

                Participantes:

  • Ana Matos, Curadora e Diretora artística da Galeria das Salgadeiras (2003) em Lisboa, Portugal.
  • Simon Zabell (Málaga 1970), artista plástico e professor de escultura na Universidad de Granada. Realizou exposições em CAC, Málaga; Museu ABC, Madrid, CAAC... Recebeu vários prémios, entre os quais a Bolsa de Estudos Leonardo, da Fundação BBVA e o Prémio à atividade artística pela Junta de Andaluzía
  • 1 dinamizadora: Esther Fernández
  • 1 mentor de Inovação: Iván Aguilera.
  • Até 50 empresas da rede


 Mesa de debate 2: setores estratégicos 'Artes Cénicas'

                Participantes:

  • Juan Carlos Moya, Responsável artístico e Coordenador do Centro de Arte Tomás y Valiente (CEART), Fuenlabrada, Madrid.
  • Mario Suárez, Diretor artístico de MULAFEST (Festival de Arte Urbana de Madrid), diretor de Gunter Gallery (galeria on-line), comissário de 'Ilustradores Españoles' e de 'Archipaper. Dibujos desde el plano'
  • 1 dinamizadora: Iván Aguilera
  • 1 mentor de Inovação: Iván Aguilera
  • Até 50 empresas da rede


Mesa de debate 3: setores estratégicos 'Setor Audiovisual'

                Participantes:

  • Gervasio Iglesias, Produtor de cinema. Diretor e produtor executivo de La Zanfoña. Filmes: La Isla Mínima, Grupo 7, El hombre de las mil caras.
  • Laura Hoffman, Guionista, documentalista e produtora de Summer Films. Festivais: Festival de Sevilla y Huelva, Alcances, IberoDocs, Cine Español de Edimburgo, SEMINCI
  • 1 dinamizadora: Laura Rettschlag              
  • 1 mentor de Inovação: Iván Aguilera
  • Hasta 50 empresas da rede


Horario: De 10:00 a 13:00

Modalidade: On-line


Inscrições em:  https://forms.gle/nUuv95xeuxSwTqhUA

Este encontro foi cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional FEDER através do Programa Interreg V-A España-Portugal (POCTEP) 2014-2020.

Mais Informação

27 de outubro

Continuar a ler...

“Dias d`As Virgens Negras” na Ermida de Guadalupe com

performance noturna e exposição

As propostas culturais do DiVaM – Dinamização e Valorização dos Monumentos do Algarve – para os dias 23 e 25 de outubro são uma palestra do Ciclo “Amatores In Situ – O Mundo Antigo visto por quem o ama”, em Milreu, e os “Dias d’As Virgens Negras” que inclui uma performance noturna e uma exposição na Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, em Vila do Bispo.


O Ciclo “Amatores In Situ – O Mundo Antigo visto por quem o ama” regressa ao espaço das Ruínas Romanas de Milreu para mais uma palestra, no dia 23 de outubro, pelas 17 horas. Esta tem como título “Os escudos de Aquiles. Cruzamentos entre a antiguidade e narrativas visuais” e será proferida por Pedro Moura.

Na sua palestra Pedro Moura, crítico e investigador académico de banda desenhada, falará sobre esta actividade que é uma linguagem moderna, ainda que empregue estratégias visuais que têm alguns pontos originários em vários momentos da história ocidental (e não só). Por outro lado, enquanto território artístico variado, quer na sua vertente popular quer nas suas prestações mais eruditas, a Antiguidade sempre esteve presente como modelo, fonte ou inspiração para a sua produção. Numa apresentação informal e descontraída, Pedro Moura mostrará como muitos dos temas, textos e imaginários associados a essa categoria historiográfica estão ainda vivos nesta outra disciplina artística.

Amatores in Situ é um projeto promovido pela Cívis – Associação para o desenvolvimento da cidadania e conta com o apoio da Universidade do Algarve. Inscrições através de: milreu@cultalg.gov.pt ou 962 045 652

A Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe acolhe, nos dias 23 e 25 de outubro, a III edição do “Dias d`As Virgens Negras - Ciclo de Artes plásticas e Música histórica”. A iniciativa inclui a Terra Nullius - Performance noturna com desenhos a carvão na noite e será apresentada na sexta feira, dia 23 de outubro, pelas 19h30. A performance é coordenada por Ana Celorico Machado e tem a participação de Susana de Medeiros. As artistas irão usar os materiais /resíduos /carvão/ pó para trabalharem em superfícies de papel ou outras, ao som de uma instalação sonora criada para o efeito, por Carlos Norton, que invoca a noite e a natureza.

No domingo, dia 25 de outubro, pelas 16 horas, será inaugurada a Exposição Terra Nullius que apresenta ao público os desenhos realizados durante a performance noturna.

O projeto é promovido pelo O Corvo e a Raposa Associação Cultural Cultural.

Inscrições através de: fortaleza.sagres@cultalg.gov.pt ou telf. 282 620140

O programa cultural da Direção Regional de Cultura do Algarve tem este ano o tema Direitos Humanos, Igualdade e Não Discriminação”.

Todas as atividades culturais DiVaM são de entrada gratuita, mediante inscrição prévia (obrigatória).

20 de outubro

DiVaM continuar a levar cultura aos Monumentos do Algarve

A Fortaleza de Sagres, as Ruínas Romanas de Milreu e os Monumentos Megalíticos de Alcalar são os monumentos do Algarve que recebem nos dias 9 a 11 de outubro as iniciativas do Programa Cultural da Direção Regional de Cultura do Algarve DiVaM – Dinamização e Valorização dos Monumentos. A edição deste ano do DiVaM tem como tema “Direitos Humanos, Igualdade e Não Discriminação”.

O projeto NOVA Escola de Sagres está de regresso à Fortaleza de Sagres, no dia 9 de outubro, naquela que será a sua IV edição. Este é um projeto promovido pelo Centro Ciência Viva de Lagos, que reúne na Fortaleza de Sagres um conjunto de atividades e ateliers de caráter tecnológico, científico, cultural e social, que terão como fio condutor uma narrativa sobre acontecimentos históricos referente ao tempo da escravatura desde a época dos “Descobrimentos”, até aos dias de hoje, onde a cor da pele e questões culturais são fator de discriminação.

Aos ateliers “Construir uma caravela”, “Mapas”, “Mapa interativo”, “As coleções” de areias e de especiarias, “Realidade Virtual”, “Robótica e Programação” que fazem as maravilhas de crianças e de adultos, somam-se este ano duas novas atividades: o “Mural da Cor da pele”, no qual os intervenientes poderão participar com um mosaico que represente a cor da sua pele e onde se espera que o resultado final evidencie o património genético e cultural, enriquecedor da espécie humana; e o “Globo da Igualdade”, onde todos os participantes serão convidados a deixar a sua mensagem de esperança e de propagação dos direitos fundamentais do homem.

O projeto direcionado para a comunidade escolar é aberto à participação de famílias e público em geral durante a tarde (das 14h30 às 17h30), mediante inscrição obrigatória:

fortaleza.sagres@cultalg.gov.pt ou telf. 282 620140

 

A iniciativa “Tal como as pedras…Todos somos iguais na diferença – Direitos Humanos, Igualdade e Não Discriminação, os desafios para uma nova era”, a ter lugar nos Monumentos Megalíticos de Alcalar, concelho de Portimão, inicialmente prevista para dia 3 de outubro, foi reagendada para o próximo sábado (10 de outubro), das 10h00 às 12h30. Os jovens que habitam próximo deste monumento são convidados a fazerem uma reflexão sobre os conceitos suscitados na Carta dos Direitos Humanos, redigida em 1948, e que sabemos serem hoje parte de um “tecido fino” e que por vezes parece prestes a rasgar-se, a desmoronar-se e a desaparecer. Após um momento de reflexão sobre os temas expostos, os participantes serão convidados a realizar um registo gráfico e visual, sob a forma de frases, de poemas e desenhos. A proposta será concretizada sob a orientação da artista plástica Isabel Macieira e traduzir-se-á num trabalho coletivo do tipo “mural.

O Projeto é da Associação Partilha Alternativa com o apoio do Museu Municipal de Portimão. As inscrições são obrigatórias através de oficinaeducativa@cm-portimao.pt.

 

As Ruínas Romanas de Milreu acolhem a instalação “Gavetas” que inaugura no dia 10 de outubro, pelas 16 horas, e ficará até ao final do mês. A ideia para o projeto “Gavetas”, promovido pela Associação Amarelarte - Associação Cultural e Recreativa, surgiu a partir da perceção das dificuldades burocráticas e sistemáticas identificadas no trabalho artístico com escolas e outras instituições. Considerando que tudo, mesmo as pessoas, estão “arrumadas em gavetas”, com etiquetas e uma vez arrumadas (as coisas, os assuntos, as pessoas) e etiquetadas, existe uma dificuldade enorme de sair dessas gavetas de novo, de desarrumá-las, para as reorganizar de uma forma diferente, talvez mais interessante, criativa, inovadora ou às vezes apenas mais lógica.

O conceito e acompanhamento artístico são de Nicole Lissy, com o artista convidado Gonçalo Rodrigues e a especialista em Direitos Humanos Laure De Witte. A iniciativa conta com a participação de professores e alunos do Agrupamento de Escolas Pinheiro e Rosa.

Inscrições através de: milreu@cultalg.gov.pt

 

 

No dia 11 de Outubro, pelas 17 horas, na Fortaleza de Sagres, será apresentado o projeto “Debaixo do Mesmo Sol”. Esta é uma performance em estreia, a acontecer na rosa dos ventos da Fortaleza de Sagres, em que participam várias pessoas da comunidade algarvia de diferentes nacionalidades. A base fundamental é o elogio à diversidade. Inspirada também no trabalho de Yvonne Rainer nos anos 70, e nos primeiros movimentos de democratização da dança, em que corpos simplesmente atravessam o palco caminhando, em que cada corpo fala por si, este é também um convite à contemplação da paisagem humana, numa paisagem natural e num espaço patrimonial. A “rosa dos ventos” pode simbolizar a forma perfeita do círculo que representa a Terra e o Sol que ilumina a todos sem distinção. A grande dimensão deste círculo, perante os pontos ínfimos que os corpos representam ao longe, no espaço dentro do círculo, faz também refletir sobre o quanto somos uma poeira na imensidão da natureza e reduz a nada as diferenças que existem entre cada um de nós.

Projeto promovido pela Corpo de Hoje Associação Cultural, conta com a conceção e direção artística de Ana Borges e a direção técnica de José Fernando Almeida.

Inscrições através de fortaleza.sagres@cultalg.gov.pt ou telf. 282 620140

Todas as atividades culturais DiVaM são de entrada gratuita, mediante inscrição prévia (obrigatória).

 

6 de outubro

Dia Mundial do Teatro

A 27 de Março, assinala-se o Dia Mundial do Teatro 

A data foi criada em 1961 pelo Instituto Internacional do Teatro. No Dia Mundial do Teatro, várias organizações culturais apresentam espetáculos teatrais para comemorar a efeméride.

Promovida pelo Instituto Internacional do Teatro (ITI), a mensagem de 2020 é da autoria do encenador e dramaturgo paquistanês Shahid Nadeem, dramaturgo, diretor de teatro e televisão premiado e ativista de direitos humanos e incide sobre o caráter espiritual do teatro, sublinhando a forma como esta arte pode aproximar os seres humanos.

Feliz Dia mundial do teatro. 

Alargamento do prazo de candidaturas ao Apoio à Ação Cultural

Dadas as dificuldades que nos foram transmitidas, nos últimos dois dias, por parte de vários agentes culturais, para conseguirem respostas por parte de municípios e espaços de acolhimento, relativamente aos pedidos de comprovativos das parcerias que integram os projetos a candidatar, e considerando que, precisamente nestes dois últimos dias e, muito provavelmente, nos dias que se seguem, a situação da pandemia do COVID’19 provocará enormes constrangimentos ao quotidiano de todos nós, decidiu a Direção Regional de Cultura alargar o prazo de entrega das candidaturas ao Apoio à Ação Cultural, até ao próximo dia 31 de março. Assim, as decisões sobre as candidaturas serão comunicadas aos interessados até ao dia 21 de abril.

Qualquer dúvida deverá ser colocada por email, para o endereço eletrónico geral(a)cultalg(ponto)gov(ponto)pt.

Mais informações

Cartaz - Café com Letras 6 de março em Faro

Concurso “ Fotografo-me nos Monumentos – aqui tão perto”

CartazEstão abertas as inscrições para o Concurso “ Fotografo-me nos Monumentos – aqui tão perto”.

A Direção Regional da Cultura do Algarve, no âmbito do Programa HArPA – Histórias, Arte e Património do Algarve, propõe, este ano letivo, aos alunos do 2.º ciclo e 3.º ciclo do Ensino Básico e aos alunos do Ensino Secundário das escolas do Algarve, o Concurso “Fotografo-me nos Monumentos – aqui tão perto”.

O Concurso tem como objetivo despertar o olhar e sensibilizar a comunidade escolar para a importância do Património Cultural do Algarve como recurso identitário e de pertença a um território, bem como a promoção de diálogos com a contemporaneidade, através de uma fotografia legendada.

O Concurso decorre até dia 27 de março.

Normas

Autorização do Encarregado de Educação (Versão em PDF) - (Versão em Word)

Ficha de Inscrição (Versão em PDF) - (Versão em Word)

Convite

A Direção Regional de Cultura do Algarve convida os representantes das Associações Culturais da Região do Algarve, a estarem presentes na sessão de esclarecimentos relativa às normas regulamentares dos Apoios à Ação Cultural 2020, que terá lugar no próximo dia 28 de Fevereiro, às 11h00, no auditório desta Direção Regional.

Solicita-se envio de email de confirmação de presenças para geral@cultalg.gov.pt, indicando o número de pessoas por entidades, até ao final do próximo dia 21 de Fevereiro

Apoio à Ação Cultural

A Direção Regional de Cultura do Algarve vem informar que se encontram abertas as candidaturas para os apoios à Ação Cultural para o ano de 2020.

Este ano, o prazo de candidaturas decorrerá entre os dias 2 de Fevereiro e 13 de Março de 2020.

Mais informações

Abertura de Candidaturas ao programa DiVaM 2020

A Direção Regional de Cultura do Algarve vem informar que se encontram abertas as candidaturas para a programação DiVaM – Dinamização e Valorização dos Monumentos – para o ano de 2020, de acordo com o seguinte tema: “Direitos Humanos, Igualdade e Não Discriminação”.

Mesmo nas democracias mais consolidadas vemos o reaparecimento de movimentos extremistas, de violência e de incitamento ao ódio, que tendem a bipolarizar as sociedades e a normalizar um discurso que ataca as minorias.

Quais as responsabilidades das entidades culturais naquilo que é o pensamento, o debate e a prática, no âmbito da nossa vida em comum, na nossa região e no mundo? Como pode o património e a dinamização desse património ajudar a dar resposta às violações de direitos humanos, que acontecem todos os dias e tão perto de nós?

Reforçando o propósito iniciado em anos anteriores, pretende-se continuar a promover os princípios basilares da “Convenção de Faro” com a participação ativa das comunidades envolventes na criação cultural e no debate real e sério sobre questões e problemáticas relevantes e pertinentes na atualidade.

Tendo “Direitos Humanos, Igualdade e Não Discriminação” como tema central do DiVaM 2020 e apelando à inclusão das comunidades no processo de construção de novos projetos culturais, convidam-se todas as associações culturais da região algarvia, à apresentação de candidaturas para a programação do DiVaM 2020, até ao dia 29 de fevereiro.

Para mais informações consulte os documentos em anexo:

- Normas regulamentares

- Formulário de candidatura

O Reyno das Letras

Dr. Mendonça Neves

NOTA DE PESAR

A Direção Regional de Cultura do Algarve lamenta o falecimento e presta homenagem ao Dr. Alberto José Mendonça Neves, dirigindo os mais sentidos pêsames à sua família e amigos.

O Dr. Mendonça Neves fundou e dirigiu o Departamento de Psiquiatria do Hospital de Faro e foi um dos fundadores da Associação de Saúde Mental do Algarve (ASMAL), tendo sido agraciado em 2009 com a Medalha de Mérito de Grau de Ouro pelo Ministério da Saúde. Foi dirigente do Círculo Cultural do Algarve e um dos fundadores da CIVIS – Associação para o Aprofundamento da Cidadania. Cineclubista ativo, foi durante duas décadas Presidente da Assembleia Geral do CINECLUBE DE FARO tendo-lhe sido atribuído o título de Sócio Honorário em 1996. Mais recentemente, é de destacar igualmente a sua participação ativa na TERTÚLIA FARENSE.

O seu desaparecimento constitui uma perda cultural para a Região Algarvia e a cidade de Faro em particular.

Cartaz

Apresentação pública da Hemeroteca Digital do Algarve

No próximo dia 8 de dezembro, pelas 15:30h, na Fundação Manuel Viegas Guerreiro, em Querença, irá ser apresentada publicamente a Hemeroteca Digital do Algarve.

A Hemeroteca Digital do Algarve (HDA) resulta de uma ideia de Luís Guerreiro, apresentada a votação no âmbito do Orçamento Participativo de Portugal de 2017 (OPP2017), que pretende reunir, num único ponto de acesso, uma coleção que se encontra fisicamente dispersa por várias bibliotecas, arquivos e museus de Portugal.

Esta ideia vencedora do OPP2017 foi a mais votada na região algarvia, mobilizando muitos à volta de um projeto (conseguiu reunir 703 votos) e sua concretização irá permitir que todos os que queiram saber mais sobre o Algarve, e não só, tenham a partir de casa acesso a todo este espólio. Foi graças à adesão e à votação de todos que se conseguiu que de ideia se passasse a realidade, que irá agora ser apresentada num espaço também ele ligado a Luís Guerreiro, co-fundador e primeiro presidente desta Fundação.

Sobre a hemeroteca podemos dizer que irá oferecer o acesso universal aos jornais e revistas produzidos no Algarve a partir de 1810, contando com um sistema que proporciona novas funcionalidades de pesquisa das publicações digitalizadas e dos seus conteúdos.

Numa primeira fase, o utilizador poderá aceder aos números disponíveis para cada publicação, pesquisando por título, autor (diretor ou redator), data e local de edição. A base de dados encontra-se ainda em fase de carregamento de mais de 400 publicações periódicas, entre elas jornais, revistas, boletins, almanaques, entre outros, editados no Algarve, num total de mais de 200.000 imagens em formato digital.

Numa segunda fase, em desenvolvimento, o utilizador terá ao seu dispor a possibilidade de pesquisar, por palavra ou assunto, no texto integral, logo a partir dos módulos de pesquisa.

Cumprindo o Código dos Direitos de Autor e dos Direitos Conexos, em 2019 ficam disponíveis os títulos publicados entre 1810 e 1949, sendo os restantes incluídos nos anos subsequentes. No entanto, o leitor poderá consultar a totalidade da coleção digital nas instalações físicas da Biblioteca da Universidade do Algarve – António Rosa Mendes, entidade que ficará a gerir esta coleção.