Monumentos do Algarve Bons Momentos Promontório de Sagres Património Cultural Imaterial Portal Cultura Portugal Rota Literária do Algarve

Nota de Pesar

Morreu Graça Lobo, a primeira Coordenadora do Plano Nacional de Cinema

A Diretora Regional de Cultura do Algarve, Adriana Freire Nogueira, lamenta profundamente a morte de Graça Lobo.

Maria da Graça Silva Lobo nasceu em Lisboa, tendo ido viver para Faro, ainda jovem.

Licenciada em História, defendeu a tese de mestrado em Gestão Cultural sobre a Formação de Públicos para o Cinema, área de conhecimento a que dedicou toda a sua vida profissional e académica.

Foi coautora e Coordenadora do Programa JCE - Juventude/Cinema/Escola, desde o ano letivo1997/98, da então Direção Regional de Educação do Algarve, projeto que nunca abandonou e que perdura, ainda hoje, em muitas escolas.

O reconhecimento do seu valor, a nível nacional, chegou quando se criou um ano piloto do Plano Nacional de Cinema (iniciativa das áreas governativas da Cultura e da Educação, para promover a literacia para o cinema junto do público escolar) do qual Graça Lobo fez parte, tendo continuado no Grupo de Projeto para o Plano Nacional de Cinema, como uma das representantes do Ministério da Educação e Ciência, tendo vindo a ser a sua primeira coordenadora.

Entre 1994 e 2001, Graça Lobo foi professora convidada na Universidade do Algarve, onde lecionou disciplinas de Cinema.

Realizou e promoveu dezenas de ações de Formação em Literacia Fílmica, por todo o país, bem como fez conferências e palestras, no país e no estrangeiro, além de ter integrado diversos júris de cinema.

Tonou-se cineclubista em 1980. Foi vice-presidente do Cineclube de Faro (CCF), de 1996 a 2008, e, entre 2015 e 2018, membro da Comissão de Formação do CCF. Atualmente, era vice-presidente da Assembleia Geral deste cineclube.

Em 2019, entrou na Direção Regional de Cultura do Algarve, para a área dos Serviços Educativos, para implementar o programa HArPA: Histórias, Arte e Património do Algarve.

À sua família e amigos enlutados, a Diretora Regional de Cultura do Algarve, em seu nome pessoal, da instituição e todos os seus colegas, envia as mais sentidas condolências.

30 dezembro 2022