• Fortaleza de Sagres | Foto Vanda Oliveira

    Fortaleza de Sagres | Foto Vanda Oliveira

  • Mosaico do Templo das Ruínas Romanas de Milreu

    Mosaico do Templo das Ruínas Romanas de Milreu

  • "Rota Literária Saramago no Algarve"

  • Centro Expositivo da Fortaleza de Sagres

    Centro Expositivo da Fortaleza de Sagres

  • Ruínas Romanas de Milreu

    Ruínas Romanas de Milreu

  • Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe - Foto: Vanda Oliveira

    Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe - Foto: Vanda Oliveira

  • Fortaleza de Sagres

    Fortaleza de Sagres

  • Fortaleza de Sagres | Foto: Vasco Celio

    Fortaleza de Sagres | Foto: Vasco Celio

  • Mosaico das Ruínas Romanas de Milreu

    Mosaico das Ruínas Romanas de Milreu

  • Casa Rural de Milreu

    Casa Rural de Milreu

  • Ruínas Romanas de Milreu

    Ruínas Romanas de Milreu

  • Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe

    Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe

  • Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe | Foto Lenea Andrade

    Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe | Foto Lenea Andrade

  • Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe

    Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe

Monumentos do Algarve Bons Momentos Promontório de Sagres Património Cultural Imaterial Portal Cultura Portugal Rota Literária do Algarve

A Rota Literária Saramago no Algarve foi criada pela Direção Regional de Cultura do Algarve, no ano em que se comemora o Centenário de José Saramago, Nobel da Literatura.

Na Viagem a Portugal, publicada em 1980, em resultado de uma encomenda feita pelo Círculo de Leitores, José Saramago dedica as últimas páginas a esta região, onde visita 13 dos seus 16 concelhos e interage com o leitor, que se torna, também ele, um viajante.

Mais de 40 anos depois desta publicação, a Direção Regional de Cultura do Algarve desafiou o escritor espanhol Diego Mesa a revisitar as palavras Saramago e a percorrer o Algarve, dando conta das semelhanças e diferenças que mais de quatro décadas necessariamente implicaram. Diego Mesa, que tinha editado, em 2014, uma Viagem ao Algarve (Viaje al sur de Portugal, no original espanhol), observa, com um olhar renovado, e comenta o que viu e sentiu no seu percurso pelos lugares vistos, sentidos e comentados pelo Nobel, bem como por aqueles que este não pode ter conhecido ou visitado.

Vai reparar que esta rota não tem percursos definidos nem definitivos, mas é deixado ao critério do viajante leitor a concordância com as propostas, com as opiniões ou com os sentimentos que a experiência lhe vai provocando.

Parafraseando o Nobel, seja curioso: viaje.

Este mapa marca os concelhos que Saramago visitou e que terão os seus itinerários publicados nesta página, durante os anos de 2022 e 2023.

O lançamento da Rota deu-se a 26 de novembro de 2022, em Vila Real de Santo António, cujo itinerário tem à disposição.

Boa viagem!

Itinerário
Literário de
Vila Real de
Santo António

Informações úteis

Duração média do passeio: 3h
Extensão aproximada: VRSA 1,7 km, Cacela Velha 1 km
Grau de dificuldade: fácil
Tipo de percurso: linear (pedestre), com a extensão até Cacela Velha (recurso a meio de transporte)
Ponto de partida: Centro histórico ou outro, de acordo com o viajante

Locais visitados por Saramago

  1. 1 Praça Marquês de Pombal / Obelisco
  2. 2 Passeio Pombalino do centro histórico de Vila Real de Santo António

Outros locais a visitar

  1. 3 Edifício da Alfândega
  2. 4 Arquivo Histórico Municipal António Rosa Mendes
  3. 5 Igreja de Nossa Senhora da Encarnação
  4. 6 Edifício dos Paços do Concelho
  5. 7 Farol
  6. 8 Praia de Monte Gordo
  7. 9 Fortaleza de Cacela Velha
  8. 10 Igreja da Nossa Senhora da Assunção de Cacela Velha
  9. 11 Bairro islâmico e necrópole cristã
  10. 12 Forno romano da Quinta do Muro

Mapa do
Itinerário
de Vila Real
de Santo
António

  1. 1 Praça Marquês de Pombal / Obelisco
  2. 2 Passeio Pombalino do centro histórico de Vila Real de Santo António
  3. 3 Edifício da Alfândega
  4. 4 Arquivo Histórico Municipal António Rosa Mendes
  5. 5 Igreja de Nossa Senhora da Encarnação
  6. 6 Edifício dos Paços do Concelho
  7. 7 Farol
  8. 8 Praia de Monte Gordo
  1. 9 Fortaleza de Cacela Velha
  2. 10 Igreja da Nossa Senhora da Assunção de Cacela Velha
  3. 11 Bairro islâmico e necrópole cristã
  4. 12 Forno romano da Quinta do Muro

Viagem ao Algarve
Vila Real
de Santo
António

Em Vila Real de Santo António o trânsito era de endoidecer. O viajante, que se preparava para saborear com tempo o traçado pombalino das ruas, foi forçado a entrar no labirinto dos sentidos únicos, uma espécie de Jogo da Glória com muitos precipícios e poços e poucas recompensas. Para estas bandas foi a aldeia de Santo António de Arenilha, destruída pelo mar. O marquês de Pombal veio cá repetir, em ponto pequeno, a baixa lisboeta, esquadriando esquinas, impondo cérceas e cometendo o milagre, não ele, mas os seus arquitectos, de preservar um ambiente para bons vizinhos. Na praça principal, o viajante gostou de ver as águas-furtadas, de dimensão aparentemente excessiva para os edifícios que rematam, mas certíssimas em relação ao conjunto geral do espaço e volume urbano.

José Saramago

Biografia
José
Saramago

José Saramago

Autor de mais de 40 títulos, José Saramago nasceu em 1922, na aldeia de Azinhaga.

As noites passadas na biblioteca pública do Palácio Galveias, em Lisboa, foram fundamentais para a sua formação. «E foi aí, sem ajudas nem conselhos, apenas guiado pela curiosidade e pela vontade de aprender, que o meu gosto pela leitura se desenvolveu e apurou.»

Em 1947 publicou o seu primeiro livro que intitulou A Viúva, mas que, por razões editoriais, viria a sair com o título de Terra do Pecado. Seis anos depois, em 1953, terminaria o romance Claraboia, publicado apenas após a sua morte.

No final dos anos 50 tornou-se responsável pela produção na Editorial Estúdios Cor, função que conjugaria com a de tradutor, a partir de 1955, e de crítico literário.

Regressa à escrita em 1966 com Os Poemas Possíveis.

Em 1971 assumiu funções de editorialista no Diário de Lisboa e em abril de 1975 é nomeado diretor- adjunto do Diário de Notícias.

No princípio de 1976 instala-se no Lavre para documentar o seu projeto de escrever sobre os camponeses sem terra. Assim nasceu o romance Levantado do Chão e o modo de narrar que caracteriza a sua ficção novelesca.

José Saramago recebeu o Prémio Camões em 1995 e o Prémio Nobel de Literatura em 1998.

Os livros de José Saramago estão publicados em 64 países e traduzidos em 48 idiomas.


Para conhecer a sua autobiografia:
josesaramago.org/biografia

Biografia
Diego
Mesa

Diego Mesa

Diego Mesa é o pseudónimo de Diego J. González Martín (1962). Doutorado em Ciências Sociais e Educação com menção internacional pela Universidade de Huelva, com tese sobre O conceito de cidadania na obra de José Saramago.

Membro fundador da Associação Cultural Crecida criada em 1989 e dedicada à publicação de livros de poesia. Membro fundador da Associação de Amigos dos Moinhos de Marés da costa de Huelva, graças à qual o moinho de El Pintado foi restaurado em 2007, um dos melhores moinhos de marés de todo o estado espanhol.

Promotor da Aula Saramago cujo objetivo é disseminar o trabalho e o pensamento do Nobel português e dos Encontros Ibéricos de Leitores de José Saramago, realizados em diferentes bibliotecas públicas da Andaluzia e Portugal. Autor do livro Viagem ao Algarve baseado na Viagem a Portugal de José Saramago e de artigos relacionados com a figura do Nobel.

Atualmente prepara uma antologia de textos deste autor sob o título de Escrevo para desassossegar.




Sugestões
e outras
informações

Abaixo, oferecemos-lhe um conjunto de sugestões para tornar ainda mais agradável a sua caminhada.

Biblioteca Municipal Vicente Campinas

Feira do livro de Monte Gordo de Julho a Setembro

Centro de investigação e informação do Património de Cacela

Outros percursos

Rota Literária do Algarve (Itinerário Literário de Vila Real de Santo António)
Rota Literária do Algarve (Itinerário Literário de Cacela Velha)

Páginas na internet recomendadas

Para conhecer a Obra de José Saramago: josesaramago.org/bibliografia-ativa

Outros locais a visitar, onde comer, onde dormir, entre outros

https://www.cm-vrsa.pt/pt/menu/492/festas-e-romarias.aspx
https://www.cm-vrsa.pt/pt/menu/160/o-que-visitar.aspx
https://www.visitalgarve.pt/pt/menu/51/vila-real-de-santo-antonio.aspx
https://www.visitalgarve.pt/pt/12085/setor-vila-real-de-santo-antonio---tavira.aspx
https://www.visitportugal.com/pt-pt/content/vila-real-de-santo-antonio
https://turismo.diocese-algarve.pt/vigararias/item/191-paroquia-de-vila-real-de-santo-antonio

Ficha Técnica

Autor: Diego Mesa a partir de Viagem ao Algarve, inspirada em Viagem a Portugal de José Saramago

Revisão: Adriana Freire Nogueira; Andreia Fidalgo; Marco Sousa Santos e Sílvia Quinteiro

Coordenação: Carlos Mendonça - Divisão de Promoção e Dinamização Cultural, da Direção Regional de Cultura do Algarve

Parceria: 1/4 Escuro-Associação de Fotógrafos Amadores de Vila Real de Santo António

Créditos Fotográficos: Bárbara Pereira; Fundação José Saramago, Município de Vila Real de Santo António; ODIANA – Associação para o Desenvolvimento do Baixo Guadiana e Região de Turismo do Algarve

Design: TCN Web & Mobile | Electronic Development

Apoios: Municípios de Alcoutim; Aljezur; Castro Marim; Faro; Lagoa; Lagos; Loulé; Olhão; Portimão; Silves; Tavira; Vila do Bispo e Vila Real de Santo António, Fundação José Saramago e Região de Turismo do Algarve.

Edição: Direção Regional de Cultura do Algarve