• Estação Romana da Quinta da Abicada

    Estação Romana da Quinta da Abicada

  • Monumentos Megalíticos de Alcalar - edifício tumular "Alcalar 7"

    Monumentos Megalíticos de Alcalar - edifício tumular "Alcalar 7"

  • Monumentos Megalíticos de Alcalar – interior do edifício tumular "Alcalar 7"

    Monumentos Megalíticos de Alcalar – interior do edifício tumular "Alcalar 7"

  • Monumentos Megalíticos de Alcalar – "Um dia na pré-história"

    Monumentos Megalíticos de Alcalar – "Um dia na pré-história"

  • Castelo de Aljezur – Torre semi-cilindrica

    Castelo de Aljezur – Torre semi-cilindrica

  • Castelo de Aljezur – Muralha e acesso

    Castelo de Aljezur – Muralha e acesso

  • Ermida de N.S. de Guadalupe e Casa rural

    Ermida de N.S. de Guadalupe e Casa rural

  • Panorâmica da exposição no interior da Casa rural

    Panorâmica da exposição no interior da Casa rural

  • Castelo de Loulé – "Música nos Monumentos"

    Castelo de Loulé – "Música nos Monumentos"

  • Torreões do Castelo de Loulé

    Torreões do Castelo de Loulé

  • Ruínas Romanas de Milreu – Casa rural

    Ruínas Romanas de Milreu – Casa rural

  • Ruínas Romanas de Milreu – Pormenor de mosaico

    Ruínas Romanas de Milreu – Pormenor de mosaico

  • Castelo de Paderne

    Castelo de Paderne

  • Castelo de Paderne – Ruína da Ermida de N.S. da Assunção

    Castelo de Paderne – Ruína da Ermida de N.S. da Assunção

  • Ruína da Ermida de N.S. da Assunção - "Música nos Monumentos"

    Ruína da Ermida de N.S. da Assunção - "Música nos Monumentos"

  • Fortaleza e Promontório de Sagres

    Fortaleza e Promontório de Sagres

  • Capela de N.S. da Graça – "Música nos Monumentos"

    Capela de N.S. da Graça – "Música nos Monumentos"

Página Inicial Monumentos do Algarve Bons Momentos Promontório de Sagres Prémio Regional Maria Veleda

Em Destaque

Pagina de abertura facebook

ANOMALIA NA PÁGINA DO FACEBOOK DA DRCAlg

Aos Amigos e Visitantes da nossa página informamos que a mesma se encontra a funcionar indevidamente, impedindo de a atualizarmos e responder a mensagens.

Já se despoletou todos os meios de comunicação para os gestores deste espaço alertando para esta anomalia, aguardando que procedam às devidas correções.

Agradecemos a vossa compreensão.

Diretora Regional de Cultura do Algarve, em entrevista ao Impressões | RUA FM

28 de junho

Alexandra Gonçalves, diretora regional de cultura do Algarve, foi convidada do Impressões- RUA FM. O DiVaM 2017, o prémio Maria Veleda e os projetos para a Fortaleza de Sagres foram alguns dos assuntos abordados numa entrevista conduzida pela RUA FM e pelo Sul Informação.

 

Fotografia SagresEntradas gratuitas nos Monumentos 

Foi publicado, no Diário da República n.º 118/2017, Série II, de 21 de Junho, o Despacho n.º 5398/2017 que que fixa os valores de ingresso nos serviços dependentes da Direção Regional de Cultura do Algarve e altera o anterior Despacho n.º 2488/2014, de 17 de fevereiro.

Assim, as entradas nos Monumentos sob tutela da Direção Regional de Cultura do Algarve terão, a partir de 1 de julho, entrada gratuita aos domingos e feriados até às 14h00 para todos os cidadãos residentes em território nacional, não inibindo a possibilidade da adoção de um Bilhete Especial (‘Bilhete Doação’), para os casos em que os visitantes queiram fazer uma doação de qualquer valor.

Considerando que a gratuitidade agora consagrada abrange todos os cidadãos residentes em território nacional, será solicitado aos visitantes qualquer documento comprovativo que ateste a residência permanente.

Prémio Regional Maria Veleda | 2017

Prémio Nacional do Artesanato 2017

Encontra-se a decorrer até às 18h00 do dia 31 de agosto, o período de candidatura ao Prémio Nacional do Artesanato 2017.

As candidaturas, através de formulário próprio (em anexo) e restante documentação referida no Regulamento, devem ser enviadas por correio eletrónico para o endereço: premionacionalartesanato@iefp.pt

Este Prémio é uma iniciativa bienal do IEFP, esteve interrompido desde 2013 e surge agora completamente remodelado (ver Ficha Síntese e Regulamento em anexo), subdividindo-se em 6 categorias:

- Grande Prémio Carreira

- Prémio Inovação -

- Prémio Empreendedorismo Novos Talentos 

- Prémio Investigação 

- Prémio Promoção para Entidades Privadas 

- Prémio Promoção para Entidades Públicas Consoante a categoria,

poderão concorrer artesãos e unidades produtivas artesanais, investigadores, associações e entidades privadas e públicas sem fins lucrativos com intervenção na área do artesanato.

Para obter informações mais detalhadas ou esclarecer dúvidas: - Contacte o IEFP pelo telefone 300 010 001 (dias úteis das 8h às 20h)

Fotografia"Recintos de Espetáculos de Natureza Artística e Direito de Autor" - Colóquio

No passado 21 de junho de 2017, nas instalalações da Direção Regional de Cultura do Algarve, decorreu o colóquio subordinado ao tema “Recintos de Espetáculos de Natureza Artística e Direito de Autor”.

Estiveram na mesa, como oradores, a Diretora Regional de Cultura do Algarve, Profª Doutora Alexandra Rodrigues Gonçalves, o Inspetor-geral das Atividades Culturais, Dr. Luís Silveira Botelho, Engenheira Noémia Salette Mendes, Arquiteta Joana Costa e o Inspetor Superior Ricardo Hipólito.

No final houve espaço a um debate.

Para consulta deste colóquio aqui

Nuno JudiceNota de Congratulação

O Ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, saúda e felicita o poeta Nuno Júdice pela atribuição do Prémio Literário Camaiore, que lhe foi concedido pela tradução italiana do seu livro Fórmulas de uma Luz Inexplicável.

Este prémio literário italiano vai na sua 29ª edição e o júri foi composto por Rosanna Lupi, Corrado Calabrò, Emilio Coco, Vincenzo Guarracino, Paola Lucarini, Renato Minore e Mario Santagostini.

Originalmente detentora de uma forte carga discursiva, que se tem vindo a ampliar para territórios marcados por uma componente irónica mas também melancólica, a obra de Nuno Júdice exibe igualmente uma clara dimensão narrativa. Partilhando com os leitores um conjunto de experiências por vezes muito subtis e atentas às mais ínfimas variações da realidade, a sua poesia tanto pode nascer de recordações da infância, de reflexões metapoéticas, de reminiscências provenientes de personagens históricas ou ficcionais ou, enfim, provir de um quotidiano em que inúmeras situações podem dar origem a um poema.

Traduzida e reconhecida por todo o mundo, a poesia de Nuno Júdice é hoje uma das que melhor demonstram a vitalidade da literatura portuguesa.

Teolinda GersãoGrande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco

Ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, saúda e felicita vivamente a escritora Teolinda Gersão pela atribuição do Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco, que lhe foi concedido pelo seu livro Prantos, amores e outros desvarios.

O Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco possui o valor de 7.500 euros, tendo sido criado em 1991 pela Associação Portuguesa de Escritores, em parceria com a autarquia de Vila Nova de Famalicão, distinguindo um autor português ou de um país africano de expressão portuguesa.

Teolinda Gersão é desde o início da década de 1980 uma das vozes mais sólidas da ficção narrativa contemporânea, quer no campo do romance, quer no de narrativas mais breves, em particular nos seus contos, cuja brevidade lhes aumenta o poder sugestivo.

Detentora de um estilo muito pessoal, a autora mostra-se capaz de construir personagens credíveis, intensas e ao mesmo tempo surpreendentes, quase enigmáticas, que nos interpelam pelo modo como vivem as suas vidas, em cenários sempre marcados pela força de cada atmosfera peculiar, compondo assim um caleidoscópio humano através do qual podemos observar o mundo, graças a uma especial aliança entre palavras, pensamentos e emoções. 

 

José Eduardo AgualusaNota de Congratulação

O Ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, saúda e felicita vivamente o escritor José Eduardo Agualusa pela atribuição do International Dublin Literary Award, que lhe foi concedido pelo seu romance Teoria Geral do Esquecimento.

O International Dublin Literary Award tem o valor de 100 mil euros, sendo o maior do género para uma obra de ficção publicada em inglês, e desde 1996 já premiou autores como Orhan Pamuk, Javier Marías, Michel Houellebecq, Colm Tóibin, Jim Crace, David Malouf ou Herta Müller. Ao longo das suas 21 edições, esta é a nona vez que o vencedor é um livro traduzido e a primeira que premeia uma obra originalmente escrita em português.

O prémio é gerido pelas Bibliotecas Públicas de Dublin, com o apoio da autarquia da capital irlandesa, e é atribuído todos os anos a um livro escrito ou traduzido para inglês.

O romance Teoria Geral do Esquecimento já tinha sido finalista do Man Booker International em 2016 e representa um dos momentos mais altos na obra de José Eduardo Agualusa, na plena maturidade da sua escrita.

Centrado numa portuguesa que permanece em Angola após a revolução e a independência, este livro acompanha toda a evolução angolana das últimas décadas, distinguindo-se pela sua capacidade de descrever a subtil mistura de sofrimento e de esperança que anima as suas personagens e as faz continuar a viver. Trata-se de uma obra em que José Eduardo Agualusa consegue surpreender o leitor, ao mesmo tempo que o leva a refletir sobre o sentido mais amplo e profundo da vida humana, flutuando entre a memória e o esquecimento.

Logo

Abertas as votações para o Orçamento Participativo 

Os cidadãos portugueses podem, desde o dia 7 de junho,  votar nos 600 projetos do Orçamento Participativo, que conta com três milhões de euros.

Os projetos de âmbito nacional e regional vão estar a votação nos próximos três meses. As propostas vencedoras são apresentadas em setembro.

Informe-se e vote aqui

Fotografia

Projeto Fortificações de Fronteira: Fomento do Turismo Cultural-FORTours

Foi assinado no dia 17 de Maio, pela Direção Regional de Cultura do Algarve e a  pela Consejeria de Cultura da Junta da Andaluzia, o acordo de financiamento do Projeto OS CASTELOS DE FRONTEIRA: Desenvolvimento do Turismo Cultural Transfronteiriço (FORTours), a incrementar no âmbito do Programa de Cooperação Interreg V A Espanha – Portugal (POCTEP 2014-2020).

Alexandra Gonçalves, Diretora Regional da Cultura, salienta que “O acordo tem por base implementar um itinerário transfronteiriço que integra as fortificações baixo e tardomedievais do Sudoeste Peninsular”.

Os parceiros apostam no investimento das novas tecnologias e esperam poder atingir o tecido empresarial transfronteiriço, para o desenvolvimento de aplicações que permitam a geo-localização deste património em paralelo com a criação de um Portal WEB para difusão do itinerário.

Em ambos os lados da fronteira, em Portugal e na Andaluzia, se procederá à implementação de aplicativos interativos comuns, para usufruto nos monumentos, nas paisagens e nos lugares históricos associados ao Itinerário. Alexandra Gonçalves referiu ainda que “Vamos concentrar a nossa atenção e acção em novos formatos da mediação da atividade turística que correspondem à criação dum universo sensorial e narrativo ou seja ao universo digital das aplicações, dos jogos e/ou reconstituições interativos”.

A implementação de soluções TIC (Tecnologias de Informação e Comunicação) tem como finalidade oferecer modelos de experiência alternativos, baseados no consumo de novos conteúdos digitais, em continua interação, gerando a possibilidade de experiências tanto durante o percurso do itinerário como antes e depois da visita.

Logo Direção Geral do LivroCultura Aprova o Regulamento para Atribuição de Bolsas de Criação Literária

Portaria n.º 123/2017 - Diário da República n.º 61/2017, Série I de 2017-03-27

- As bolsas têm a duração de seis ou de doze meses.

- Os destinatários das bolsas são pessoas singulares, de nacionalidade portuguesa e que escrevam em português

- A abertura anual dos concursos é feita mediante despacho do membro do Governo responsável pela área da cultura, de acordo com proposta da DGLAB

Consulte a Portaria

 

Route

UMAYYAD Route

MELHORIA DA COESÃO TERRITORIAL MEDITERRÂNICA ATRAVÉS DA CONFIGURAÇÃO DE UM ITINERÁRIO TURÍSTICO-CULTURAL.

 

 

Logo

RODA DOS ALIMENTOS MEDITERRÂNICA INTERATIVA

A DGS e o PNPAS, em colaboração com o Grupo de Acompanhamento para a Salvaguarda e Promoção da Dieta Mediterrânica, apresentam a nova Roda dos Alimentos Mediterrânica, agora numa versão interativa. Esta ferramenta pedagógica, explica os vários conceitos ligados ao padrão alimentar mediterrânico tendo como base a Roda dos Alimentos Portuguesa. Ao longo da mesma, é também possível explorar os vários grupos de alimentos que compõem esta nova Roda, em conjunto com o número de porções diariamente recomendadas. São apresentados exemplos práticos e visualmente atrativos, salientando não só a componente alimentar, mas também os elementos inerentes estilo de vida mediterrânico.

Pretnde-se 

que a nova Roda dos Alimentos interativa possa ser utilizada pelos profissionais da saúde e educação e disponibilizada em unidades de saúde, assim como no contexto de sala de aula como uma ferramenta para auxiliar os professores na abordagem ao tema.

A versão interativa desta ferramenta encontra-se disponível em www.alimentacaosaudavel.dgs.pt e pode ser gratuitamente acedida e utilizada por todos.

Esta ferramenta interativa, concebida pelo PNPAS e Active Media, utilizou como referência o conceito original criado por investigadores da Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto com o apoio da Direção-Geral do Consumidor.